Apresentação da aplicação MasonMarks do Clube Unesco Aveiro.

O Clube Unesco de Aveiro, está a fazer um levantamento fotográfico das marcas de pedreiros dos monumentos, onde tu podes participar e a tua ajuda é bem-vinda.

mason
mason2

Com uma simples aplicação (https://masonmarks.clubeunescoaveiro.org) ao visitares um monumento, e vires uma marca de pedreiro, basta tirar a fotografia e a aplicação, coloca as coordenadas geográficas e envia para uma base de dados. Todas essas fotografias vão mais tarde ser trabalhadas com mecanismos de machine learning e inteligência artificial, para por exemplo verificar que marcas se repetem em monumentos diferentes.

Uma marca de pedreiromarca de canteiro ou sigla de pedreiro é um símbolo gravado por um canteiro numa pedra por ele talhada.

Estas marcas foram utilizadas principalmente durante a Idade Média e a Renascença, sendo facilmente identificáveis em castelos, igrejas, palácios, pontes e outros.

Segundo a opinião dominante, as marcas destinavam-se a identificar a autoria do trabalho, de forma a determinar o valor a pagar a cada canteiro.

Algumas marcas, normalmente colocadas na parte não visível da pedra, destinavam-se a indicar a posição em que esta deveria ser colocada na obra.

A ciência que estuda as marcas de pedreiro denomina-se gliptografia.

08/10/2018